terça-feira, 21 de outubro de 2014

"VOLÚPIA"

Quero a noite plena,
a penumbra do quarto,
a janela fechada e o silencio...

Quero o sono mais tarde,
dormir no teu peito,
chama que arde!

Quero teu corpo,
enroscado no meu,
entrelaçar de pernas
nos embrenhar.

Quero o verde das folhas,
o barulho das rolhas
do vinho se abrindo,

Quero o som do vento
soprando baixinho por
entre as frestas.

Quero a indecência,
carnal e o fogo,
saciados desejos.

Quero além dos sonhos,
dos lençóis e da cama,
quero lampejos eternos.

Quero o gozo,
o pouso suave,
o desaguar no teu mar...quero só Amar!


Nenhum comentário:

Postar um comentário