terça-feira, 21 de outubro de 2014

"ENTRE SOMBRAS E LUZ,BRILHA POESIA"


Na casa da escuridão,
tem luz fugindo pela janela,
mal sabe a luz que é noite lá fora.

A noite sem luz,
invade a janela,
mal sabe a noite o que a espera.

Já vem o dia batendo a porta
da casa da escuridão,
mal sabe o dia que todos os repudia.

Insiste em bater seu ponto
contrariando a lógica,
mal sabe a lógica que o tempo não para.

Dissipa-se toda escuridão,
agora casa da luz do dia,
mal sabe o dia que a noite não morre.

Então amanheceu o pensamento,
na casa da claridade que reluzia,
segue o compasso do vento...

Mal sabe ele,espalhador de poesia!

Jose Reginaldo Da Silva da Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário