terça-feira, 21 de outubro de 2014

"INSONE"


A noite por vezes é uma busca,
silenciosa,inóspita,
um mergulho no fundo
de um "Eu"perdido sob a sombra da ausência.

Quando se espera do amanhecer,
um naco de luz que seja essencialmente guia,
o destino desvela-se,
capcioso,armadilhento,mas inusitadamente atraente.

Corremos os riscos,
não mensuramos,
sob o designo da sorte.

Uma aventura onde se ganha,
quando não se perde...

Viver o dia,
querendo a noite
e de novo buscar.

Anoite tudo acontece,
tudo adormece,
o corpo desfalece,
em buscas inconcebíveis,
que o dia segreda.

Isto não tem denominação,
a isto não se chama,
o nome disto é sonho,
delírio ou ilusão.

Jose Reginaldo Da Silva da Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário